3 dicas para trazer a sua loja física para o mundo digital

Redação Goo :)

Redação Goo :)

Temos uma missão clara: ajudar empresas a conquistar mais clientes e a gerar mais negócios através da internet. Hoje estamos presentes em quatro estados brasileiros.

O entendimento sobre o mercado, o trato com clientes, estratégias de marketing e a consolidação da sua marca no off-line são fatores que podem fazer a diferença, mas apenas possuir experiência no comércio físico não lhe garante sucesso ao criar o seu e-commerce. Pode parecer que não, mas, comércios físicos e digitais são dois mundos totalmente diferentes, mesmo que não haja mudança no que você vende.

Deve-se realizar uma análise interna para descobrir aquilo que pode transitar do físico para o digital sem que isso lhe cause problemas, afinal, nem tudo o que funciona para um, deve funcionar para outro. Um claro exemplo são os seus produtos: nem tudo que se vende na sua loja física terá adesão na internet.

A precificação utilizada é outro ponto de atenção para a sua nova loja, uma vez que o consumidor já está habituado com a facilidade de comparação de qualidade e preços na internet e, para manter uma boa reputação, é necessário ser competitivo.

Faça um bom planejamento

Imagine que a sua empresa esteja acostumada a vender grandes cargas para outras empresas em um comércio físico e agora precisa se adaptar a uma nova realidade no e-commerce: a de vender em menores quantidades para o clientes final. Pode acontecer, ainda, o caminho inverso. O seu time estaria preparado para essa mudança?

A quantidade de colaboradores necessária para gerir a sua loja virtual é algo que também precisa ser estudado, bem como as funções que cada um deles deve desempenhar. Para que tudo corra como você espera, trace objetivos e metas para cada um de seus funcionários e certifique-se de que todos estão conscientes de suas funções e resultados esperados no fim do ciclo de metas, quando novas devem ser planejadas.

Outro claro exemplo de planejamento a ser feito é definir aquilo que se levará do seu portfólio para o online. Como já dito antes, há uma grande diferença entre aquilo que funciona de um para outro. Na internet, mais vale possuir quantidade do que variedade, uma vez que o seu foco será escalar produtos. Você não quer que o seu cliente se sinta perdido no seu site, portanto, dê prioridade a repor os seus antigos estoques ao invés de fornecer sortidade.

Fique de olho nos concorrentes

Antes de pular de cabeça nessa nova empreitada, procure descobrir o que os seus concorrentes de segmento andam fazendo. Isso se encaixa tanto em campanhas, termos utilizados, linha editorial, identidade visual e muito mais.

É importante entender os pontos fortes dos seus concorrentes para que você não tente bater de frentes com as suas maiores qualidades e ficar em segundo na mente da sua persona ideal, bem como é essencial saber os seus pontos mais fracos para que você possa montar uma forte estratégia em cima de tais fraquezas.

Utilize o planejador de palavras do Google para ficar por dentro do que os seus consumidores estão procurando. Busque por palavras-chave que tenham relação direta com aquilo que você planeja incluir em seu portfólio digital, sempre de olho no que leva os seus consumidores aos seus concorrentes.

Certifique-se da qualidade dos seus canais de venda

O e-commerce brasileiro possui uma taxa muito pequena de conversão. Em média, são necessários 100 acessos para se realizar uma venda, o que é impensável para um estabelecimento físico. Em lojas virtuais, o cliente não vai até você de maneira aleatória, ele precisa ser atraído.

Uma experiência ruim de compra na internet é um péssimo sinal para a sua loja, uma vez que a reputação de um e-commerce é determinante para o seu sucesso. Para que o seu cliente compre de você, ele precisa entender que o seu negócio é confiável, primeiramente.

Sites e redes sociais abandonadas e mal cuidadas são um péssimo indicativo. Um site lento e ineficaz pode fazer com que a maioria dos visitantes que você atrai saiam sem realizar a primeira compra e, ainda pior: façam comentários negativos sobre a sua marca, o que desmotivaria outros clientes e te traria uma péssima reputação.

Se recuperar de uma ideia negativa do mercado perante a uma empresa é praticamente impossível, uma vez que não é nada simples mudar a percepção de um cliente depois de já estabelecida. Portanto, trabalhe na agilidade e na qualidade dos seus canais de venda.

Conclusão

Você pode até ter uma vasta experiência na sua loja física, mas começar a sua loja virtual será como iniciar uma caminhada do zero. São muitas as vantagens de se ter um e-commerce e, certamente, é a melhor escolha para quem pensa no futuro. Com o planejamento certo e a dedicação necessária, você terá o que é preciso para prosperar no universo online.

A Goo Resultados é especialista em marketing digital e é a melhor escolha para você que deseja começar a sua história de vendas pela internet. Nos siga no Instagram e no Facebook para conferir conteúdos exclusivos que podem te auxiliar!

Goo Resultados

A Goo Resultados é especialista em marketing digital. Durante os nossos longos anos de experiência, ajudamos dezenas de empresas a alcançarem novos patamares com a ajuda da nossa consultoria, execução e expertise em estratégias digitais.

Nos siga no Facebook e Instagram para ficar por dentro de tudo o que acontece no universo da publicidade e do marketing digital. Entre em contato conosco para saber mais sobre o que podemos fazer pelo seu negócio!

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quem leu este post leu também :)

Entenda o que são gatilhos mentais e como utilizá-los

Carrinho abandonado: como enfrentar esse problema

Social selling: o que é e como implementar

As principais tendências de 2021 para o e-commerce

Rebranding: o que é e quais as suas vantagens

Como planejar o marketing do seu negócio para 2021

Vamos gerar mais Resultados para a sua empresa! Entre já em contato e fale com um de nossos especialistas.

Trabalhe na Goo Resultados.

Anexar Currículo no formato: .doc .pdf .docx (max 5mb )